Você faz toda a diferenca!

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

Viajando com os Salmos - Salmos 24

  1 Do Senhor é a terra e tudo o que nela existe,
o mundo e os que nele vivem;
2 pois foi ele quem a estabeleceu sobre os mares
e a firmou sobre as águas.
3 Quem poderá subir o monte do Senhor?
Quem poderá entrar no seu Santo Lugar?
4 Aquele que tem as mãos limpas
e o coração puro, que não recorre aos ídolos
nem jura por deuses falsos.
5 Ele receberá bênçãos do Senhor,
e Deus, o seu Salvador, lhe fará justiça.
6 São assim aqueles que o buscam,
que buscam a tua face, ó Deus de Jacó.
7 Abram-se, ó portais; abram-se, ó portas antigas,
para que o Rei da glória entre.
8 Quem é o Rei da glória? O Senhor forte e valente,
o Senhor valente nas guerras.
9 Abram-se, ó portais; abram-se, ó portas antigas,
para que o Rei da glória entre.
10 Quem é esse Rei da glória? O Senhor dos Exércitos;
Ele é o Rei da glória!

terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Viajando com os Salmos - Salmos 23

1 O Senhor é o meu pastor; de nada terei falta.
2 Em verdes pastagens me faz repousar
e me conduz a águas tranquilas;
3 restaura-me o vigor.
Guia-me nas veredas da justiça
por amor do seu nome.
4 Mesmo quando eu andar
por um vale de trevas e morte,
não temerei perigo algum, pois tu estás comigo;
a tua vara e o teu cajado me protegem.
5 Preparas um banquete para mim
à vista dos meus inimigos.
Tu me honras,
ungindo a minha cabeça com óleo
e fazendo transbordar o meu cálice.
6 Sei que a bondade e a fidelidade
me acompanharão todos os dias da minha vida,
e voltarei à casa do Senhor enquanto eu viver.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Viajando com os Salmos - Salmos 22

1 Meu Deus! Meu Deus! Por que me abandonaste?
Por que estás tão longe de salvar-me, tão longe dos meus gritos de angústia?
2 Meu Deus! Eu clamo de dia, mas não respondes; de noite, e não recebo alívio!
...
19 Tu, porém, Senhor, não fiques distante!
Ó minha força, vem logo em meu socorro!
20 Livra-me da espada, livra a minha vida do ataque dos cães.
21 Salva-me da boca dos leões, e dos chifres dos bois selvagens.
E tu me respondeste.
22 Proclamarei o teu nome a meus irmãos; na assembleia te louvarei.
...
29 Todos os ricos da terra se banquetearão e o adorarão;
haverão de ajoelhar-se diante dele
todos os que descem ao pó, cuja vida se esvai.
30 A posteridade o servirá;
gerações futuras ouvirão falar do Senhor,
31 e a um povo que ainda não nasceu
proclamarão seus feitos de justiça, pois ele agiu poderosamente.